A Cop28 começou na quinta-feira, 30 de novembro, em Dubai  (AFP or licensors) A Cop28 começou na quinta-feira, 30 de novembro, em Dubai (AFP or licensors)

Cardeal Parolin em Dubai para levar a "contribuição" do Papa à COP28

O cardeal presidirá a delegação do Vaticano já presente na Conferência. Bruni: em 2 de dezembro ele levará "a contribuição que o Santo Padre gostaria de dar". Domingo, dia 3, inauguração, juntamente com o Prefeito para o Diálogo Inter-religioso, Cardeal Ayuso Guixot, do "Pavilhão da Fé".

Salvatore Cernuzio - Cidade do Vaticano

Será o cardeal Secretário de Estado, Pietro Parolin, que presidirá a Delegação da Santa Sé já presente em Dubai por ocasião da Cop28 e que fará o discurso do Papa Francisco. Isso foi confirmado em resposta às perguntas dos jornalistas pelo diretor da Sala de Imprensa do Vaticano, Matteo Bruni, explicando que na Conferência das Partes organizada pelas Nações Unidas, que começou na quinta-feira, 30 de novembro, Parolin levará "a contribuição que o Santo Padre gostaria de pronunciar" neste sábado, 2 de dezembro.

Ouça e compartilhe

Cancelamento da viagem do Papa

Como anunciado, o Papa Francisco teve que cancelar a viagem que estava programada nesta sexta-feira, 1º de dezembro, até domingo, dia 3, devido à inflamação nos pulmões, da qual está sendo tratado com uma terapia antibiótica. Na quinta, 30 de novembro, em uma audiência com os participantes de um Seminário sobre a Ética da Saúde, o Pontífice reiterou o seu desejo de realizar a viagem aos Emirados Árabes, ressaltando, no entanto, que teve que renunciar, a pedido dos médicos, porque teria acarretado riscos devido ao "clima muito quente lá", com transições "do calor para o ar condicionado". O que, "nessa situação brônquica, não é conveniente". Francisco, no entanto, reiterou sua preocupação com o evento de Dubai por meio de uma postagem, lançada ontem na conta @Pontifex em nove idiomas no X, na qual expressou suas preocupações com a Casa Comum: "Oxalá que, a intervir na #COP28, sejam estrategistas capazes de pensar mais no bem comum e no futuro dos seus filhos, do que nos interesses contingentes de algum país ou empresa. Possam assim mostrar a nobreza da política, e não a sua vergonha."

A inauguração do Pavilhão da Fé

Espera-se que seja Parolin, já presente em edições anteriores da Cop - de Paris a Glasgow, no ano passado -, quem mais uma vez, em nome do Papa e da Santa Sé, reverbere o clamor de Francisco, expresso na Laudato Si' e depois na Laudate Deum, por ações concretas contra a crise climática.

O Secretário de Estado, no domingo, 3 de dezembro, juntamente com o cardeal Prefeito do Dicastério para o Diálogo Inter-religioso, Angél Ayuso Guixot, também participará da inauguração planejada do "Pavilhão da Fé" na Expo City, que tem seis objetivos principais:  inspirar o poder das religiões e dos líderes religiosos como agentes de mudança para a ação climática; destacar ações concretas de instituições e comunidades religiosas para conter a mudança climática com indicadores mensuráveis e um mecanismo de monitoramento; promover uma coalizão global de líderes religiosos trabalhando juntos para a ação climática; incentivar os líderes religiosos a se engajarem no diálogo político e inspirar a ambição climática entre as delegações políticas; alcançar um alinhamento histórico por trás do apelo à ação climática; unificar e maximizar a ação coletiva dos atores religiosos presentes na Cop28.

As palavras do cardeal

Nos últimos dias, o próprio Cardeal Parolin havia antecipado sua presença em Dubai a um grupo de jornalistas durante um evento na Câmara dos Deputados Italianos. Confirmando que o Papa, "em recuperação", havia cancelado a viagem para "evitar qualquer agravamento", o cardeal explicou que estavam sendo estudadas as "modalidades" da participação da Santa Sé no grande evento da cidade dos Emirados: "Estamos vendo agora. Normalmente, eu participei de todos eles, começando com a Cop de Paris e todos as Cops, então acho que também irei desta vez, mas naturalmente reduzindo a estadia". Depois", lembrou ele, "há a delegação que fica durante as duas semanas inteiras de trabalho, eu só participaria da primeira parte do trabalho.”

Obrigado por ter lido este artigo. Se quiser se manter atualizado, assine a nossa newsletter clicando aqui

01 dezembro 2023, 11:49