Busca

O Papa Francisco na celebração do Domingo de Ramos e recitação do Angelus (Vatican News) O Papa Francisco na celebração do Domingo de Ramos e recitação do Angelus (Vatican News)  (Vatican Media)

O Papa: Maria nos ajude a estar próximo de Jesus presente nos sofredores

Na alocução que precedeu a oração mariana, Francisco dirigiu uma bênção especial à Caravana da Paz que nestes dias partiu da Itália para a Ucrânia, promovida por várias Associações: Papa João XXIII, FOCSIV, Pro Civitate Christiana, Pax Christi e outras. Junto com gêneros de primeira necessidade, levam a proximidade do povo italiano ao martirizado povo ucraniano e hoje oferecem ramos de oliveira, símbolo da paz de Cristo

Raimundo de Lima - Vatican News

Ouça a reportagem com a voz do Papa e compartilhe

Ao término da Missa do Domingo de Ramos (02/04), celebrada na Praça São Pedro, antes da bênção final, o Santo Padre conduziu o Angelus com os cerca de sessenta mil fiéis e peregrinos presentes.

Na alocução que precedeu a oração mariana, Francisco agradeceu pelas orações e proximidade, particularmente nos dias passados, sendo respondido por um caloroso aplauso dos presentes. O Pontífice dirigiu uma bênção especial à Caravana da Paz que nestes dias partiu da Itália para a Ucrânia, promovida por várias Associações: Papa João XXIII, FOCSIV, Pro Civitate Christiana, Pax Christi e outras.

Junto com gêneros de primeira necessidade, levam a proximidade do povo italiano ao martirizado povo ucraniano e hoje oferecem ramos de oliveira, símbolo da paz de Cristo. Vamos nos unir a este gesto com a oração, que será mais intensa nos dias da Semana Santa.

Que Nossa Senhora nos ajude a viver bem a Semana Santa

O Papa lembrou que com esta celebração entramos na Semana Santa. “Convido-os a vivê-la como nos ensina a tradição do santo povo fiel de Deus, ou seja, acompanhando o Senhor Jesus com fé e amor. Aprendamos de nossa Mãe, a Virgem Maria: ela seguiu seu Filho com a proximidade do coração, era uma só alma com Ele e, mesmo não compreendendo, junto com Ele se abandonava plenamente à vontade de Deus Pai”.

“Que Nossa Senhora nos ajude a permanecer próximo de Jesus presente nas pessoas que sofrem, descartadas, abandonadas”, concluiu o Papa, desejando a todos, bom caminho rumo à Páscoa!

02 abril 2023, 12:00

O que é o Angelus?

O Angelus é uma oração recitada em recordação do Mistério perene da Encarnação três vezes ao dia: às 6 da manhã, ao meio-dia e às 18 horas, momento em que é tocado o sino do Angelus.

O nome Angelus deriva do primeiro verso da oração – Angelus Domini nuntiavit Mariae – que consiste na leitura breve de três simples textos sobre a Encarnação de Jesus Cristo e a recitação de três Ave Marias.

Esta oração é recitada pelo Papa na Praça São Pedro ao meio-dia de domingo e nas Solenidades. Antes de recitar o Angelus, o Pontífice também faz uma breve reflexão inspirando-se nas leituras do dia. Seguem as saudações aos peregrinos.

Da Páscoa até Pentecostes, ao invés do Angelus, é recitado o Regina Coeli, que é uma oração em recordação da ressurreição de Jesus Cristo, ao final do qual é recitado o Glória três vezes.

Últimos Angelus / Regina Coeli

Leia tudo >