Busca

Encontro da comunidade ecumênica de Taizé Encontro da comunidade ecumênica de Taizé 

Papa aos jovens de Taizé: ousem construir um mundo novo

Francisco escreve aos jovens que participam em Ljubljana do 46º Encontro Europeu de Taizé, que começa hoje (28/12). O Papa incentiva os participantes a ouvir e a acolher os que estão à margem da sociedade.

Vatican News

Ouça e compartilhe

O Papa Francisco enviou suas saudações aos jovens reunidos em Ljubljana com a comunidade de Taizé "para rezar e compartilhar a vida do povo local e das comunidades eclesiais". O 46º Encontro Europeu de Taizé, uma reunião ecumênica de jovens de vários países e denominações, acontece de 28 de dezembro a 1º de janeiro e tem como tema central: "Caminhando juntos".

Coragem para ouvir e dialogar

Na mensagem assinada pelo cardeal secretário de Estado Pietro Parolin, o Santo Padre destaca a possibilidade que os participantes têm de viver "a bela experiência da amizade com Deus e com os outros" como Igreja e comunidade.

Como o "Corpo do Senhor Ressuscitado presente no mundo", os jovens são convidados a redescobrir a arte de ouvir, um ato de amor que está no coração da escuta. Em um mundo onde os conflitos e as guerras surgem continuamente devido à falta de escuta, o Papa exorta a juventude a "ousar construir um mundo diferente, um mundo de escuta, diálogo e abertura".

46º Encontro Europeu de Taizé
46º Encontro Europeu de Taizé

Trabalhar pela "transformação qualitativa"

O desafio, diz o Papa, é "trabalhar para a transformação qualitativa de nossa vida nas sociedades", especialmente evitando todas as formas de "marginalização, fechamento, exclusão e rejeição" de várias categorias de pessoas. Assim, diz Francisco, os jovens podem desenvolver  "culturas e religiões para um mundo estável e aberto".

Viver como Jesus

Francisco incentiva a juventude a se comprometer a viver como Jesus, que não excluía ninguém, mas reconhecia a presença de Deus naqueles que estavam à margem da sociedade.

O cardeal Parolin conclui a carta com a garantia de que o Papa Francisco "conta com vocês e confia em vocês, e a Igreja confia em vocês". O Papa, diz o secretário de Estado do Vaticano, está pedindo que, com suas palavras e ações, "transmitam uma mensagem forte ao nosso mundo, que rejeita os vulneráveis. Tornem seus sonhos de amor, justiça e paz uma realidade concreta. Não deixem que seus sonhos sejam roubados e contribuam para construir uma sociedade digna".

Obrigado por ter lido este artigo. Se quiser se manter atualizado, assine a nossa newsletter clicando aqui

28 dezembro 2023, 12:19